21 out
por Patida Mauad 0 Comentários

Pandemia x Viajar

Seria legal você ler antes o post https://patida.com/viajar-na-pandemia/

Alguns dias pensando como seria tirar mamãe de casa depois de quase seis meses.

Ela ficou dois meses com irmãs e depois foi pro apê dela onde estava há quatro meses. Sai de SP, post sugerido acima, e fiquei com ela dois meses.

Quando cheguei ela estava bem desanimada, cansada, energia baixa e de saco cheio do #afastamentosocial

Mamãe tem 98 anos e sempre viajamos por três meses ano. Esse foi o primeiro da vida que não havia ido pra casa da praia no verão. Fomos a Petrópolis onde ficamos poucos dias.

Leia https://patida.com/petropolis/

Pensei por dias o que eu poderia fazer.

A única saída seria fugirmos um pouco pra algum lugar deserto e pertinho de Juiz de Fora.

Mas onde? Como? Alugar carro?

Muitas dúvidas e enormes preocupações.

Iniciei, como uma excelente produtora e modesta, rs, um estudo de como isso seria possível.

A primeira preocupação resolvi rápido. Minha irmã emprestou o carro. Eba!

Tenho um amigo, Ricardo, que é dono de uma Pousada dentro de uma reserva florestal longe de cidade, com cachoeiras, muitos pássaros, natureza exuberante onde o “nosso” quarto fica a 70 mts da cachoeira/prainha. Digo nosso, pois sempre que vamos lá, eu e mamãe, ficamos nesse mesmo quarto que fica, também, do lado do refeitório e cozinha.

O local é maravilhoso e nós amamos. Ricardo adora mamãe e ela idem. Sempre que podemos passamos uns dias por lá. Eu o conheci fazem uns seis anos.

Liguei pra ele.
Oi Ricardo como estão as hospedagens e segurança na https://www.instagram.com/estacaoandorinhas/?hl=pt-br

To querendo ir com mamãe.

Ele contou que ficou meses sem hospedar e que estava começando a receber seguindo a risca todas as exigências e que também via o histórico dos interessados e avaliava para recebe los ou não. Era a segunda semana que recebia poucos.

Conversamos muito e definimos juntos:

Tornamos-nos muito amigos desde que nos conhecemos.

Ele bloquearia o “nosso” quarto até nossa ida que foi na semana seguinte ao nosso papo.

Colocaria uma mesinha no quarto para as refeições onde na verdade tomávamos o caldo noturno.

Reservou um lugar na mesa só pra mamãe. Nosso horário do café e almoço era diferente e só sentávamos eu e ela. Os hospedes seis, sentavam em mesa diferente.

São duas funcionarias que também haviam iniciado o trabalho recente.

Nossas cadeiras da cachoeira também foram separadas e só nós usamos.

O quarto eu cuidei, arrumava as camas, higienizava o banheiro, tirava o lixinho, tudo muito tranquilo.

A área é enorme, conseguimos ficar sem mascaras esse período, curtindo a natureza por cinco dias. Voltamos energizadas, felizes. Dormimos muito, nos alimentamos de comida saudável, tomamos muitos banhos de cachoeira, dias de sol e muitas estrelas.

Andorinhas é o nosso paraíso e dessa vez ficou o registro de toda a amizade, responsabilidade e amor que dividimos por lá.

De verdade não imaginei que conseguiria ter momentos de tamanha liberdade em tempos tão difíceis.

Thank you god!

Confira os posts relacionados

Deixe seu comentário

instagram
No images found!
Try some other hashtag or username
© 2020 Patida MauadDesenvolvido com por