Na orla de São Sebastião

Gostosuras na Orla de São Sebastião, litoral norte de São Paulo, vizinha e parada obrigatória para pegar a balsa pra Ilha Bela.

São Sebastião é um charme, suas ruas e becos no Centro Histórico nos leva a viajar no tempo conhecendo sua história e cultura. Os casarões coloniais são do séc XVII a séc XX.

Fui com uma amiga/irmã que foi fazer um encontro com doulas e eu fui pra descansar. Pela primeira vez na vida, desde que nasci, fiquei um ano e dez meses sem ver o mar. Fui lavar a alma e me reencontrar.

Visite: @saosebastiao.sp

Bora passear?

Hospedagem

Pela primeira vez me hospedei em um Hostel no Brasil. Uma experiência incrível. Fechamos uma suíte que havia quatro camas, dois beliches.

A ideia era ficar mais a vontade sendo que nossos horários seriam diferentes, conforto e privacidade era prioridade para essa mini viagem.

@hostelcentral.saoseba

Café com doçuras

Se joga no @oquetiverquesersereiabrowneria

Vai um hambúrguer vegetariano aí? Lá você vai encontrar variedades para todos os gostos.

@becoburguersaosebastiao

Sorveteria Rocha com variedades de sabores com o charme das receitas de caseiras de família, explosão de sabores.

@rocha.sorvetes

Na adega com trilha mara você vai encontrar varias coisinhas e bebidas, claro, sugestivas.

@adega.kingdrinks

Rolês Culturais são importantes né?

Uma das formas mais incríveis de conhecermos a história real da cidade e aprender sobre arte, sobre a vida.

Casa da Cultura

O atual prédio foi construído no séc XIX. porém em 1910 abrigou o primeiro grupo escolar de São Sebastião. Sua arquitetura preserva basicamente três técnicas construtivas:

Alvenaria de pedras nas paredes externas do prédio, o pau a pique em algumas paredes internas e alvenaria de tijolos inclinados também nas paredes internas.

Igreja Matriz a primeira igreja construída no município, entre os anos 1603 e 1620, possui traços arquitetônicos jesuíticos..

Sempre vou a igrejas quando viajo. Orar é preciso.

Casa Esperança foi construída no século XVIII considerada uma relíquia nacional, pois poucas construções possuem o mesmo estilo arquitetônico no Brasil. É o único prédio tombado a nível federal pelo IPHAN. Conhecida por volta de 1950, quando pertenceu a uma família de imigrantes italianos que montou um comercio.

Hoje um comércio de tecidos. Sempre que chego às cidades fico de olho nas lojas onde posso encontrar tecidos, paixão de infância, claro, acabei comprando uma malha de bolinhas. A loja estava fechada e atendendo por uma janelinha. Apaixonei-me pela estética interna que me remeteu a loja do papai de quando era criança e sua arquitetura

#dicasdapatida

Quer visitar a Aldeia Indígena Guarani do Rio Silveira em Boraceia?

As visitas são feitas, necessariamente, com um monitor de turismo ou ambiental credenciado pela Fundação Nacional do Índio, Funai, em passeios, geralmente, duram meio dia.

Agende: 12 99640 9723 – 13 99641 2644

Pegue a balsa e passe um dia explorando a Ilha Bela que de bela é pouco.

Deixe comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.