14 ago
por Patida Mauad 0 Comentários

Eu viajo sozinha

Vou contar que até meus 24 anos as viagens eram em turma, depois isso mudou radicalmente.

A vida foi complicando, as amigas foram tendo filhos, casando, me mudei de cidade e assim foi.

Meus amores tinham datas diferentes de férias o que nos impedia de estarmos juntos nas férias.

É muito difícil ter companhia para viajar, portanto como não sou de adiar meus desejos e viagens, que é objetivo de vida, vou de qualquer forma junto ou sozinha.

Sou apaixonada pela estrada de uma forma geral. Já viajei muito de carro. Hoje em dia optei por não ter mais carro.

Quando quero viajar de carro alugo, tenho ido muito de avião e quando não consigo passagens acessíveis vou de bus que acho uma curtição, olho as estradas, leio, escrevo, reflito e sempre conheço alguém.

Perguntas que escuto quando digo que muitas das minhas viagens foram e são sozinhas…

 “Mas você viaja sozinha Patida?”

Sim viajo.

“Mas você não tem medo?”

Respondo com outra pergunta… Medo do que?

“Você fala outros idiomas?”

Não.

“Como conversa com as pessoas?”

Me viro com o que sei. 

Hoje com os aplicativos de tradução acredito que me ajudará na próxima viagem.

Para essas perguntas entre outras resolvi contar um pouco das minhas aventuras solo, rs.

NY

Hospedei-me no Brooklyn na casa de uma tia amada.

As programações foram sozinhas.

Todo o dia me jogava para Manhattan. Na época trabalhava com a Debora Bloch que fez um roteiro mara que segui todinho, fazia anotações de lugares que sonhava conhecer como a loja da Channel, Central Park, Moma onde chorei vendo obras de Salvador Dali assim gero meus roteiros, mas não me prendo a isso. mudo quando desejar.

Por lá fiquei por 18 dias.

Com meu fabuloso senso de direção fui e voltei em vários bairros sem o menor problema, tudo de metro.

MIAMI

Ameiiiiiiii.

“Ai Patida Miami é tão cafona.”

Não achei nada cafona, praias incríveis, varias galerias de arte, gente bonita.

O que faz a viagem é o seu olhar e o meu vai longe, rs.

 Fiquei na casa de uma amiga que me levou a vários lugares incríveis. Aqui tive companhia para os passeios.

No dia que cheguei fomos direto ao show da Melissa Etheridge uma loucura.

Tive uma experiência única jantar só para mulheres, sim só para mulheres na casa de duas mulheres casadas a 31 anos. Elas serviam 3 mesas em sua própria casa, isso pra mim é luxo. Comida maravilhosa.

GRÉCIA

Era um dos meus sonhos conhecer. Estava passando um período difícil do meu casamento, exausta de trabalhar e lá fui feliz da vida.

Como comprei pacote achei que teria alguns parceiros nas três ilhas escolhidas, Santorini, Paros, Mikonos.

Isso não aconteceu havia um casal de lua de mel que nas embarcações ficávamos juntos e em Santorini jantamos uma noite juntos e só.

Uma historia curiosa aqui… Ele falava inglês fluente e ela espanhol. Quando embarcávamos para mudança das ilhas contávamos os passeios e eles sempre se surpreendiam de eu ter feito roteiros que eles nem souberam da existência, rs.

Sou assim, me meto, me viro e me dou bem, rs.

RIO DE JANEIRO, MINAS GERAIS, ESPIRITO SANTO E SUL DA BAHIA

Foram 4700 km de carro. 1700 com um amor francês e 3000 solo.

O objetivo era leva lo pra conhecer lugares que amo. De lá fomos velejar.

Voltei sozinha parando em algumas cidades.

Regressei a SP com o coração transbordando de alegria.

EUROPA

Iniciei essa viagem encontrando um amigo que residia em Lisboa. Viajamos os 10 primeiros dias juntos, depois continuei por mais 18 solo.

Foi maravilhoso esse rolé.

Fui à Lisboa, Madri, Barcelona esticando por dois dias no bate e volta a Sitges por onde me apaixonei perdidamente.

Pensa que em Barcelona fiquei em um hostel super bacana onde saia de casa 1:30 da manhã horário que uma amiga que conheci por lá, saia do trabalho. Andei muito a pé por lá, fui a praia todod os dias, conheci todos os bairros apé, amo andar e ir vendo a cidade de perto, olhando as pessoas nos olhos.

Para mim viajar é fazer parte da cultura, da vida cidade, dos locais menos visitados. Sou uma aventureira por natureza o que me interessa é descobrir por onde passo, seus costumes é isso que me seduz.

Algumas vantagens a meu ver para viajar sozinha:

Você vai e volta quando quiser.

Já mudei datas da volta algumas vezes por estar amando a cidade e também já mudei datas por achar que já estava bom, e também já mudei de cidade antes da data para conhecer outras.

A programação é única e exclusivamente pra você.

Você não precisa fazer nada que não te agrade na-da!

Se bater aquela vontade de ficar na piscina do hotel ou no quarto um dia inteirinho lendo ou vendo tv mesmo estando em um pais que você não fale a língua, você fica.

Minhas viagens não são focadas em compras e consumo meu tesão é conhecer os locais, museus, gastronomia, mercados e tudo de bacana que me deixa feliz.

Solo você pode TUDO!

Fiz algumas viagens de veleiro, acompanhada…

Mas como foi uma aventura maravilhosa e com um amor compartilho por aqui nossa história só para te inspirar a se jogar nas oportunidades, na vida.

https://patida.com/viajar-e-preciso/

https://patida.com/sobre-amar/

https://patida.com/10-dias-no-mar/

Viajar é preciso!

Dicas:

Antes de viajar estudo a cidade. Leio livros, busco informações sobre a cidade, locais  bacanas e inusitados, cidades próximas que posso ir. A partir dai monto um roteiro com direto a mudanças,  rs, afinal sou geminiana e muito curiosa.

Assinem o canal!

Confira os posts relacionados

Deixe seu comentário

instagram
No images found!
Try some other hashtag or username
© 2019 Patida MauadDesenvolvido com por