06 dez
por Patida Mauad 0 Comentários

Mãe e Amor

Hoje eu quero falar de amor…

Amor de mãe

Amor de pai

Amor de amigo

Amor por amor

Amor não se compra

Amor não se vende

Amor

Aqui sobra

Eu dedico amor à flor

Eu dedico amor ao morador de rua

Eu dedico amor para varredor de rua

Eu me vejo amor

Amor simplesmente

Perguntam-me sempre…

Patida por que você não teve filhos? Você seria uma mãe incrível.

Vou te contar…

Aos sete anos de idade falei pra mamãe que não seria mãe.

Mas você era tão jovem.

Pois é.

Minha imagem de mãe é amor, é amar.

No fundo no fundo eu sabia que minha porção mãe seria para o universo.

Mãe que acolhe sobrinhos, mãe que ensina, mãe que adota, mãe que acolhe amigos, mãe que doa sem pedir em troca. Mãe que nasce de um olhar de um simples encontro.

Não precisei parir para doar minha porção mãe. Isso foi real e absoluto.

Já passaram vários filhos pela minha vida e eles continuam brotando e aparecendo por onde ando, por onde passo.

Não se engane amar é acolher, é olhar, é se doar.

Assim sou feliz.

A vida é de escolhas, essa foi a minha!

Nos anos 80 fui convidada para gravar um programa da Hebe Camargo, a pauta, Mulheres que optaram por não ter filhos.

Eu fui; Foi histórico e maravilhoso.

Confira os posts relacionados

Deixe seu comentário

instagram
© 2018 Patida MauadDesenvolvido com por