20 nov
por Patida Mauad 0 Comentários

Quando descobri ser diferente.

Retornei a JF aos cinquenta anos, perdi papai um ano após. A partir daquela data eu e mamãe colamos, como havia morado vinte e seis anos longe de casa, sabia que ali teríamos um recomeço de relação e um resgate de histórias da minha vida.

Após a morte do papai muitas coisas aconteceram, mamãe foi prioridade máxima para esse novo momento.

Escolhi resgatar minhas histórias sabia a importância que teriam a partir daquela perda, aquelas que nasceram depois que me tornei adulta, longe de casa.

Um dia passeando com mamãe fiz uma pergunta.

Mãe quando eu era pequena aconteceu algum fato que pudesse ter mostrado a você que eu chegava com uma diferença entre os outros no sentido amplo, “outros”.

Como assim minha filha?

Sei lá algo que me diferenciasse das outras crianças.

Ela pensou pensou e contou a seguinte história…

Quando você tinha cinco anos à madre diretora da escola, estudei meus três primeiros anos no Sacre Couer de Marie em Ubá, cidade que nasci me chamou para uma reunião.

Cheguei já falando… Madre tenho compromissos na loja, por favor, seja breve.

A madre sugeriu que trocasse você do prezinho para primeira serie.

Ela conta que assustou e perguntou, por que?

A Aparecida, como me chamavam na época, as crianças não conseguem entende-la, se adaptar a ela, aos pensamentos, comportamentos. Ela está à frente das crianças e isso está dificultando a sala de aula.

Mamãe foi simples e objetiva. Não concordo, ela é muito pequenininha para passar para 1ª serie, madre. Sinto muito. Vamos esperar o final do ano e assim ela irá para o primeiro ano do primário.

Talvez pra você isso signifique nada ou pouco, mas hoje já adulta fez muita diferença.

Aos 8 anos já levava as crianças vizinhas para escola a pé, como cuidadora, rs. Dali pra frente meu histórico foi de inovação, transformação e influenciadora por onde passei. Nunca aceitei o obvio, fui e sou revolucionária em se falando de vida.

Foi como o sol iluminando a noite.

Ficou confortável e claro, meu objetivo e caminhos que venho trilhando.

Mais uma história da minha vida.

Conte a sua!

Confira os posts relacionados

Deixe seu comentário

instagram
  • Quero fazer mais e no sei o que  assim
  • Acredito que pequenos detalhes fazem a diferena Uma camisa aberta
  • Eu amo o centro de sp No Viaduto do Ch
  • Eu amo o centro de sp No Viaduto do Ch
  • Um passarinho me contou que nem todos conhecem o blog
  • Felicidade exige ateno e foco Li uma frase quase isso
  • Hoje a foto do tbt  amor O video do
  • Vou contar um segredo Qual sua misso na vida? Sempre
© 2019 Patida MauadDesenvolvido com por