26 jun
por Patida Mauad 0 Comentários

O Ciclo do Amor

Leia

Viajar é Preciso

Praia da Paixão

Sobre Amar

Depois de 10 dias juntos pensei…

Tá bom. Foi maravilhoso estarmos juntos, nosso reencontro foi uma curtição, passeios incríveis, conheci pessoas e ilhas maravilhosas, valeu.

Hora de voltar pra casa. Por quê? Porque sim.

Voltando a Salvador rapidamente ligo pra uma amiga/irmã pedindo pra comprar uma passagem estava fora do barco e sem cartão de crédito. Ela rapidamente resolveu à parada. Minha passagem seria para o fim do mês. Cancelei quando cheguei a São Paulo.

Vou contar uma curiosidade. Quando fui comprar as passagens meu pensamento era: Vou ficar o máximo de dias que puder, imagina o universo nos proporciona esse encontro de oito anos sem nos falar… Ah vou fazer valer. Achei uma ousadia afinal fazia anos que não nos víamos, mas pensei também, posso voltar a hora que quiser.

Organizei a vida, coordenei coisas e despedidas, contei para os mais íntimos e lá fui linda, perfumada e feliz.

Vou falar de como sinto e vivo o amor.  Não acredito no fim acredito que tem o começo, o meio e o recomeço… Da vida, de outro amor, da transformação que aquele amor te proporcionou, o crescimento interno, as experiências, o aprendizado. Lembro-me de sofrer de amor de verdade só na adolescência que é quando somos meio dramáticas né? Rs. Vejo o amor como algo maior. Não acredito no amor pra sempre, que castra, que entristece, que inibe, que faz sofrer. Acredito no amor que transforma, que ensina, que divide, que soma, compartilha.

Sou amiga do meu primeiro marido até hoje. Fomos namorados e casados entre 1981 a 1984. Esse amor foi tão profundo, de verdade e compartilhado que hoje sou amiga também das outras mulheres dele e ele amigo dos meus outros maridos. Isso chama vida, civilidade, respeito, amor coletivo, é isso que eu acredito e é assim que vivo.

Portanto nosso reencontro foi para fechamento de ciclo. Nesses oito anos quando pensava no Philippe pensava com alegria, liberdade e maravilhosas lembranças.

Essa história faz parte de mim, faz parte do meu amor, faz parte da minha vida. Vou guardar, como todas as outras pra vida toda na minha caixinha de lembranças.

Agora o mais importante desse deixei pro fim do texto, rs. Foram às revelações internas, o crescimento, as descobertas que desabrocharam aqui dentro do meu corpo, do meu coração. Ganhei uma cota de liberdade, coragem e independência que nasceu com uma força absurda. A vida é magica gente eu não tenho explicação sei que foi assim. 

Quando as amigas viram que voltei à pergunta foi à mesma…

Você está bem?

Estou maravilhosa.

Aconteceu alguma coisa?

Sim desabrochei, me redescobri, mais uma vez.

 Voltei numa alegria pra casa, meu coração flutuava, minha alma agradecida me abraçou com amor.

Importante dar sentido ao amor na sua forma mais ampla.

Amar é maior, amar a si, ao próximo, a natureza, as pessoas, ao universo, ao mar, a terra ao planeta.

E pra você o que é o amor?

Confira os posts relacionados

Deixe seu comentário

instagram
No images found!
Try some other hashtag or username
© 2019 Patida MauadDesenvolvido com por