04 jan
por Patida Mauad 0 Comentários

Conheci Joice em uma mesa de conversas com mulheres maduras.

Hoje ela está aqui com a gente.

Obrigada Joice pela sua gentileza.

Nós, mulheres grisalhas agradecemos sua história.

Nome?
Joice Malavolta

Idade?
61 anos

O que você faz?
Sou publicitária

Quando resolveu deixar os cabelos grisalhos? 

Foi uma decisão de fim de ano de 2017, porque estava cansada de pintar os cabelos e estava me inspirando nas mulheres de cabelos grisalhos.

Já pintou os cabelos? 
Sim, pintei durante uns 25 anos. Sempre adorei mudar o cabelo, castanho, loiro, vermelho, luzes, henna, muitas transformações.

Qual o sentimento quando decidiu deixar grisalho?
Liberdade, aquele momento de manhã, diante do espelho,  de ver a raiz aparecendo é cruel, não queria mais ser escrava das tintas.

Conte alguma história que passou por ter cabelos grisalhos?
Estava passeando com o Gregório, meu cachorro querido e passo em frente à funilaria da vizinhança. Os rapazes são todos conhecidos, estavam sentados, no intervalo de descanso. Um deles viria para mim, “puxa como você está jovem com esse cabelo”, respondi, “essa é a cor do meu cabelo, parei de pintar” e outro então falou “então agora é original, por isso está tão bonita”.

Gostei dessa definição de estar original. Peças originais são sempre valiosas.

Qual foi à reação das pessoas próximas?
Apesar de poucos narizes virados, a maioria gostou. Recebo muito elogios de pessoas desconhecidas, em lojas, nas ruas. Muitas conhecidas perguntam como tive coragem, essa é a questão mais frequente.

Tem algum cuidado especial para mante los?
Shampoo próprio para cabelos brancos evito sol, uso bastante chapéu, que acaba dando um charme. Um bom corte é fundamental, procuro mantê-los bem curtos, acho que combina bastante com a minha personalidade.

O que diria pra quem não tem coragem de assumir os grisalhos?
Leia o livro da Anne Kreamer “Meus cabelos estão ficando brancos – mas eu me sinto cada vez mais poderosa.” Dá uma ampla visão dos prós e contras no plano pessoal e profissional. Agora, doer, não dói e a sensação de liberdade é maravilhosa, de poder ser dona do próprio destino sem ter que baixar a cabeça para modelos que a sociedade nos impõe, isso não tem preço. Além do que financeiramente também vale a pena. Então, por que não?

Você é feliz?
O que é felicidade? Sinto que tenho muitos momentos felizes e que sou alegre porque sou triste e, que a vida é feita de contradições e são elas que nos enriquecem nos empurram para frente e não nos deixam envelhecer. Assim vamos nos conhecendo, aprendendo e ensinando e nos reinventando.

Confira os posts relacionados

Deixe seu comentário

instagram
  • Reflexo Estou com a mame h cinco dias Nasci para
  • Meu olhar da alma do amor do desejo do sabor
  • Quando estamos juntas fazemos da vida uma alegria meefilha mae
  • Andam me fazendo muitas perguntas como por exemplo O que
  • Prolas lembram poesia Que lembram presente Que lembram o mar
  • Me to na Vogue!!!!!!! Fui convidada pra falar de cabelos
  • O nico caminho  seguir em frente No importa quando
  • 7h da manh acordo olho pro lado e vejo essa
© 2019 Patida MauadDesenvolvido com por