17 fev
por Patida Mauad 0 Comentários

Jardim Comestivel

Glaucia chegou à minha vida pela irmã gêmea, Ciane, uma amiga amada; 

As conheci em Juiz de Fora, na sequência Glaucia me convidou para cuidar do seu casamento onde tive o prazer de fazer a coordenação, criação e produção da festa, coisa mais linda!

Vamos à história do Meu Jardim Comestível contada pelas sócias Gláucia Lopes Técnica em Agroecologia e Prenaterapeuta e Dândara Pôrto Arquiteta Urbanista.

Da união entre Agroecologia, Feng Shui Prânico e Arquitetura nasceu a proposta do escritório “Meu Jardim Comestível”, que propõe transformar espaços através do Desing Terapêutico de Ambientes.

O cuidado dos espaços envolve aplicação de cores, aromas, formas, texturas, sons e sabores dispostos de forma harmônica, tanto na estética quanto na funcionalidade, que irão proporcionar o máximo bem estar aos seus frequentadores.

Nesse cuidado afetivo as plantas tem um papel estratégico por serem capazes de equilibrar os ambientes e harmonizar as pessoas.

Cada planta emana cuidado vibracional e suas especificidades são terapêuticas.

Na sala de estar nada melhor que um Lírio da PAZ, capaz de filtrar até fumaça de cigarro, seu nome já sugere sua vibração e por gostar das raízes úmidas estimulam cuidado regular.

No escritório, um toque de RESILIÊNCIA faz bem pra todo mundo e as suculentas cumprem esse papel de modo formidável. Suas inúmeras formas, tamanhos e cores agradam todo tipo de gosto. São resistentes às intempéries permanecendo lindas e saudáveis mesmo após períodos longos de seca. Para os atarefados, nada melhor que suculentas.

Para estimular a concentração e foco nada melhor que aroma de Hortelã próximo à área de estudo e trabalho.

Não se intimide pela falta de espaço ou de sol, há plantas com diferentes exigências que podem compor qualquer espaço e contribuir com sua qualidade de vida.

Dicas das minas 

Como decorar com suculentas:

1) Adquira um espécie compatível com a incidência de sol no seu ambiente.Consulte seu fornecedor local sobre variedades de Pleno Sol (que toleram sol nas folhas), Meia Sombra (gostam de luz solar, desde que não toquem suas folhas por muito tempo) e Sombra (adoram ambientes internos, com luz indireta).

2) Escolha um tamanho de vaso compatível com o tamanho da sua planta. Em caso de pouco espaço, escolha plantas menores.

3) Combine o modelo do vaso com a sua decoração. Se você gosta de composições mais contemporâneas e urbanas o vaso de cimento é uma ótima pedida. Para ambientes mais rústicos prefira cerâmica. Se você busca algo mais jovial e despojado explore cores e estampas. Hoje o mercado oferece diversos modelos para os mais variados gostos.

5) Suculentas são resistentes a seca por acumularem água nas folhas. Portanto, só regue quando perceber o substrato seco.

Para conhecer um pouco mais sobre o universo do Design Terapêutico de Ambientes visite a gente no Instagram @meujardimcomestivel, lá você terá acesso a dicas e inspirações de nossos projetos e consultorias presenciais e on line. 

Para nós é uma alegria apoiar transformações de ambientes e vidas.

Confira os posts relacionados

Deixe seu comentário

instagram
[jr_instagram id='2']
© 2021 Patida MauadDesenvolvido com por