25 abr
por Patida Mauad 0 Comentários

O corpo precisa

Iniciei exercícios físicos ainda pequena.

Papai sempre foi atleta e aventureiro

Ele não abria mão das longas férias, era como um prêmio para as nossas vidas.

Me lembro das pescarias, onde tomávamos banho de rio, subia em árvores, as idas a cachoeiras onde passávamos o dia com a criançada, mamãe é filha de fazendeiro o que nos proporcionava estar sempre entre a natureza. A casa da praia existia antes do meu nascimento, lá jogávamos futebol, meninas x meninos, nadávamos longe, corríamos, andávamos à cavalo, bicicleta. Diversão era acompanhada de exercícios.

Na escola recebi medalhas em vários esportes.

Meu corpo exige exercícios e nunca deu espaço para malandragem, rs. Se não exercito ele reclama, em forma de dores e tristeza. Sim me entristeço, os dias não ficam completos.

Sou adepta a yoga, alongamento, natação, musculação, caminhadas, pilates, me divirto alternando. As escolhas tem a ver com o que estou vivendo, com as estações do ano, e assim vou cuidando do corpo e da alma.

Hoje em dia nado, caminho e estou iniciando academia.

Praia

Sinto que a cada dia meu corpo agradece o cuidado e amor dedicado.

São Paulo tem varias opções gratuitas, muitos parques, praças com aparelhos, ciclovias, então não dá pra usar aquela frase de efeito “Estou sem grana pra malhar”.

Na verdade o que malha é o corpo não o bolso, rs,

Sempre tem uma opção independente da cidade. Importante é à força e vontade.

Se joga, faça algo, não desista, resista!

Confira os posts relacionados

Deixe seu comentário

instagram
© 2018 Patida MauadDesenvolvido com por