11 jun
por Patida Mauad 0 Comentários

Inhotim

Na mesa de um bar tomávamos um vinho quando chegou um casal conhecido; Na conversa ele fala de um museu de arte contemporânea a céu aberto perto de BH.

Você conhece? Respondi, que não. Rapidamente ele manda um “tem que conhecer.”

Opa, fiquei curiosa, rapidamente programei minha ida e fui.

Hospedei em BH na casa de uma amiga e fomos cedinho de carro, retornando final de tarde. Nessa época a opção de hospedagem era quase zero.

Abril de 2009 conheci Inhotim!

“Localizada no Vale do Paraopeba, Brumadinho possui belezas naturais, riquezas históricas e culturais. Com uma população de 35 mil habitantes, a cidade tem uma área de 634,4 km² e está situado no final do Maciço do Espinhaço e início do Tabuleiro do Oeste.”

Foi onde me apaixonei e vi pela primeira vez obras da Adriana Varejão na galeria de arquitetura única, que leva seu nome.

 

“O jardim chama atenção pelo paisagismo e plantas exuberantes, um deleite aos olhos.

Jardim Botânico

Os jardins do Inhotim são singulares, com uma beleza rara e um paisagismo que explora todas as possibilidades estéticas da coleção botânica. Para além da contemplação, os jardins são campo para estudos florísticos, catalogação de novas espécies botânicas, conservação in situ (seu ambiente) e ex situ (fora de seu ambiente) e ações de educação ambiental. Em 2010, o Instituto Inhotim recebeu a chancela de Jardim Botânico, atribuída pela Comissão Nacional de Jardins Botânicos (CNJB), e, desde então, integra a Rede Brasileira de Jardins Botânicos (RNJB).”

Um lugar pra retornar outras muitas vezes.

Já está na programação… O retorno, rs.

http://www.inhotim.org.br/

 

 

 

 

 

Confira os posts relacionados

Deixe seu comentário

instagram
© 2018 Patida MauadDesenvolvido com por